17 de jun de 2009

audiência da comissão de segurança pública - 16/06/09 - carlos minc intimado a explicar participação na marcha da maconha



3 comentários:

fernando disse...

segundo esse tal depudado "Paes de Lira" (o que comentou por ultimo ali)quem fuma um é doente e tem q se tratar para voltar a ser "normal" perante a sociedade hahahahah.Segundo os ensinamentos do mestre bob "ganja é a cura para o mal da babilonia q sega o ser humano e o afasta da sintonia com Jah e a comunhão com a natureza"
Acredite no q achar melhor.
jah bless!!!

Dj Kabral disse...

O que a maioria desses políticos quer é somente acabar com o nosso Brasil. Quase toda a população já sabe que muitos desses políticos só querem "mamata", saqueando os cofres públicos, e muita outras atitudes ilícitas. Porque naum legalizar?? O Brasil iria ganhar muito com isso. A maconha é uma planta que se pode extrair muitos produtos, como tecidos, bebidas, doces, e muitas outras coisas. Com a liberação geraria muitos empregos, e com o fim do tráfico de drogas que é o pior dos males dessa proibição. Com o imposto desses produtos, poderiam ser investidos na educação, saúde e muitos outros setores. Como disse alguns político, o povo tem q se fuder.(É o que se dá para entender.)Se nóis temos o livre direito de escolher quem irá lutar por nóis no pais (eleições), temos também o direito de decidir o que é bom e o que é ruim pra nóis.
Hã, e cadeia é lugar para bandido e politico corrupto, não para pessoas que só por tarem "fumando maconha" são considerados escória da sociedade.

neco tabosa disse...

fernando, esse paes de lira assumiu a vaga de clodovil hernandes. se ligue nesse video onde tiram uma onda com ele quando ele se posicionou sobre opções sexuais.

http://www.youtube.com/watch?v=G3E2qEPLZ_Y

nem os caras da polícia levam ele a sério:

http://segurancapublica.net/?p=1783

é por aí, dj kabral, muito circo e pouca informação. os deputados/PM têm certeza que podem administrar cada passo do cidadão pela força da lei e da punição.

o que o filipeta acredita ser o contrário de democracia num país livre.....

vamo que vamo