29 de abr de 2010

Polêmica na Marcha da Maconha - Daniele Caravalho e Eduardo Machado / Jornal do Commercio

Secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, posicionou-se contra evento e vai procurar o Ministério Público para definir se passeata será permitida

Daniele Carvalho
dcarvalho@jc.com.br

Eduardo Machado

eduardomaxado@gmail.com

Se depender da vontade do secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, a Marcha da Maconha, marcada para a tarde do próximo domingo, no Bairro do Recife, será proibida. Em entrevista à Rádio Jornal ontem pela manhã, Damázio se posicionou contra o evento. No entanto, o secretário admitiu consultar o Ministério Público hoje e definir se a manifestação será permitida pela polícia.

“Em configurando crime, devemos proibir. Contudo, vamos levar esse assunto para o debate com o Ministério Público”, frisou Damázio.

Para os organizadores da Marcha, o posicionamento do secretário demonstra desconhecimento de edições anteriores do evento. “Acredito que o secretário, por ter assumido há pouco tempo, não está devidamente informado. Nos anos anteriores, o Ministério Público enxergou nosso evento como ele realmente é: o exercício da liberdade de expressão e não apologia às drogas”, explicou Neco Tabosa, um dos organizadores da Marcha da Maconha.

O parágrafo 2º, do artigo 33, da lei 11.433/06, define como crime: “Induzir, instigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de droga”, com pena prevista de um a três anos de detenção. Baseado nisso, o secretário quer proibir a realização do evento.

Já os promotores da Marcha evocam o artigo 5º da Constituição Federal. “É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”, para amparar legalmente o evento.

MEDICINAL

Os efeitos do uso medicinal da Cannabis sativa - nome científico da erva - foram discutidos ontem em audiência pública na Câmara Municipal do Recife. A reunião, proposta pelo vereador Osmar Ricardo (PT), abordou os aspectos medicinais e históricos da planta na tentativa de desmistificar o uso terapêutico da maconha.

O médico do Programa Saúde da Família Giliate Coelho destacou a importância de medicamentos à base da droga e mostrou evidência clínicas sólidas que mostram sua eficácia. “A maconha tem uso analgésico importante, até 200 vezes mais potente que a morfina, diminui o glaucoma e evita náuseas e vômitos, podendo ser associada a tratamentos quimioterápicos”, disse.

Giliate Coelho ainda defendeu o uso da maconha em viciados em crack. “A planta traz consequências positivas a essas pessoas. Ela reduz a vontade excessiva de consumir o crack”, explicou. Já o vereador petista Luiz Eustáquio se posicionou contra a legalização e argumentou que a maconha tem sido uma porta de entrada para essa droga.

26 de abr de 2010

coletânea marcha da maconha - recife 2010

*a música do n´zambi tá dando pau no arquivo que me mandaram. e as da roda e do adiel luna e coco camará ainda não vieram..... assim que tiver tudo, atualizo aqui pra vcs.

essa coletânea de MPB (Maconha Popular Brasileira) é um presente do produtor guilherme, que organizou a festa da marcha da maconha lá em Olinda e conseguiu a liberação dessas músicas sensacionais.

pra ouvir no player ou baixar pelo link:
http://www.mediafire.com/?3ltmyhzmlmd



Coletânea Marcha da Maconha - Recife 2010 by filipetaDAmassa

22 de abr de 2010

#Cinemassa



o sorteio de uma camiseta feminina da /lombra é via Twisortte
(clique para participar)

19 de abr de 2010

marcha da maconha / recife 2010 - calendário de atividades e festividades

[1] Reunião de organização da Marcha Da Maconha / 20 De Abril / Conselho Regional De Psicologia / 19 H


[2] #Cinemassa no Iraq / Rua do Sossego, 666 / 21 De Abril


[3] Festa Da Marcha Da Maconha / 23 De Abril / Black Jack / Rua Prudente De Morais / Olinda


[4] Audiência Câmara Dos Vereadores Recife / 28 de Abril / "O Uso Medicinal Da Maconha"


[5] Panfletagem Da Marcha / Festa Da Lavadeira / Praia do Paiva / 01 De Maio


[6] marcha da maconha recife 2010 / rua do apolo / 14 horas - um evento sem fumaça... se ligue!


17 de abr de 2010

tá chegando a hora!

dilma legaliza feat Capitão Presença



marcha da maconha recife 2010 - 02/05/2010



jingle marcha da maconha 2010 - hempresário crew e poeta mano melo



marcha da maconha rio de janeiro 2010 - 01/05/2010

14 de abr de 2010

vem chegando maio - e com ele as novidades canábicas

marcha e festa da marcha divulgadas no blog de jamildo do jc:

http://migre.me/wqbN



Jardins Urbanos - unidade São Paulo - prestes a ser inaugurada:

Jardins Urbanos - São Paulo from Fabbao on Vimeo.



14/04/2010. um ano da lodjinha mais legal da Holanda:



parabéns a todos!!!

11 de abr de 2010

filipeta da marcha da maconha / recife 2010



filipeta da marcha da maconha / recife 2010
arte "se for fumar na marcha é melhor ficar em casa" por victor zalma
dicas de saúde: se liga!

a circulação desse panfleto levantou a discussão* sobre a 'violência sugerida' pela imagem. muitos não gostaram de ver um maconheiro levando um chute na bunda por estar fumando seu baseado em plena marcha.

vale lembrar que a situação é combatida pelos organizadores da marcha, polícia militar e imprensa.

*e também gerou a primeira lavagem de roupa suja online dos organizadores da marcha no recife.

e você, o que acha?

a) a imagem é forte demais, e deveria ser suavizada nos próximos panfletos.


b) o recado é esse mesmo! maconheiro que tentar fazer a cabeça no meio do ato queima o movimento e é melhor que nem apareça pra sujar a marcha.


c) hein?

10 de abr de 2010

A Mídia da Maconha - lula falcão

do blog de lula falcão

No Brasil, a maconha pode estar longe da legalização, mas já existe uma mídia alternativa em luta aberta pela causa. São os casos dos blogs Hempadão, Filipeta da massa, Adão e Erva, Hemptube, Pé em Marcha, Growroom e da Rádio Legalize. O noticiário é variado: informações científicas, música, notas sobre a próxima marcha da Maconha e até promoções especiais, como o concurso da Miss Marijuana 2010, já com 14 candidatas inscritas. Também há fanzines, como o Tarja Preta, cujo principal personagem, o Capitão Presença, tornou-se um ícone do movimento.

A mídia da maconha apresenta-se como apartidária e multidisciplinar. Enquanto o Growroom é mais voltado para a defesa do plantio e da utilização medicinal da planta, a Rádio Legalize oferece variada programação musical, com destaque para o reggae e o hip-hop. De vez em quando, um flash no twitter: “polícia prende três em Nova Xavantina”, por exemplo. Já o Filipeta da Massa ainda repercute a morte do cartunista Glauco, especialmente para desancar a cobertura do caso feita pelas revistas Veja e Época. “O essencial é que essa mídia está se tornando um grande fórum sobre a questão das drogas”, afirma um assíduo navegador desses blogs.

Claro que não poderia faltar política. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um potencial aliado, já não merece tanta confiança dos veículos maconheiros. Tudo porque decidiu fazer silêncio sobre a revisão das políticas para o consumo de drogas até o final da campanha eleitoral deste ano. “Não podemos depender de ternos e gravatas”, lamenta o autor da matéria sobre FHC no Hempadão. “Nossa causa é urgente”. A área de comentários está lotada, com mais de 50 intervenções de internautas sobre a postura de Fernando Henrique. “Pode ser mera viagem minha, mas é foda”, lamenta um leitor. “Se eu fosse político, preferiria ficar em silencio durante a eleição e depois de eleito agir”, contemporiza outro.

_lulafalcao