14 de dez de 2009

Cannabis Cup 2009

Há algumas semanas, recebi em minha casa um amigo que se preparava pra chegar na Cannabis Cup, em amsterdam, dias depois.
Como não podia deixar de ser, pedi uma contribuição pro Filipeta da massa...
___________________________________________

Cannabis Cup 2009

por Elton Tavares

Final de novembro, e como todos os anos, Amsterdam recebe milhares de maconheiros do mundo todo para o Cannabis Cup, que esse ano fez sua 22ª edição, organizado pela High Times. A idéia do evento é realizar não só uma competição entre coffee shops, concorrendo com diferentes tipos da massa, mas também abrir espaço para divulgação de boas práticas na utilização médica e políticas de utilização.

powerzone

Como no evento os expositores não podem vender o produto, somente nos coffee shops, normalmente o grande atrativo dos stands eram os gigantes sacos plásticos preenchidos com a massa vaporizada. Os grandes concorrentes desse ano, o Green house Seed Co. e o Barney’s Farm estavam sempre lotados para experimentar o “Super Lemon Haze” e o “Vanilla Kush”, muito bons por sinal, que foram premiados.

vai aê?

Nos 2200 m² do Powerzone, outros expositores também apostaram em métodos alternativos
pra atrair o público. O Bluebird coffee shop instalou uma mini sauna completamente preechida por maconha vaporizada, “The Vape Tent”, onde era possível entrar e em pouco tempo sair legal e defumado.


Com exposição durante cinco dias e shows no centro da cidade, o evento tem o lado bom de fumar de graça, enquanto no coffee shop se paga na média nove euros pela grama do material, por outro lado os dias do evento acabam sendo muito parecidos e vale mesmo a pena ir uns dois dias, já que os coffee shops por si só são uma grande atração da cidade, os premiados nessa categoria foram o Green House, o Barney’s, o Green Place, Dolphins e o Mellow Yellow, o autor além de recomendar fortemente os quatro primeiros ainda sugere o De Rokerij. Atenção a você que pensa em comprar o “judge pass” pro cannabis cup, não espere que vá conseguir julgar alguma coisa depois de cinco dias fumando diferentes tipos de maconha de quase trinta coffee shops, o que vale mesmo é a diversão, termo óbvio quando se fala de Amsterdam.

Um comentário:

neco tabosa disse...

eu queeeeeeeeeeeeeeeero!

muito bons os toques, elton, valeu!