22 de mar de 2009

Democrata quer legalização da maconha contra crise - diário do pará e uol

"Com o Estado (da Califórnia) no meio de uma crise histórica, regular e taxar a maconha é simples bom senso." Esta é a opinião do parlamentar democrata Tom Ammiano, de San Francisco, autor do projeto de lei que propõe a legalização do uso recreativo da maconha na Califórnia. As informações são do Uol.

O principal argumento de Ammiano é que o Estado, que enfrenta grave crise econômica - com deficit orçamentário de mais de US$ 40 bilhões - está deixando de cobrar impostos daqueles que cultivam, vendem e consomem a droga.

A proposta deve entrar em discussão na Comissão de Segurança Pública da Assembleia da Califórnia no dia 31 de março e, se aprovada lá, segue para o plenário. A lei cria uma taxa de cerca de US$ 2 para cada grama de maconha comercializada. Os apoiadores da proposta estimam que isso renderá cerca de US$ 1,3 bilhão em novas receitas para um Estado que vem demitindo professores, cortando serviços e fechando repartições por falta de dinheiro. Se a lei for aprovada, a maconha passará a ser regulada de maneira semelhante às bebidas alcoólicas. Na Califórnia, não é permitido beber nas ruas, nas praias ou em qualquer lugar aberto. Os menores de 21 anos - da mesma maneira que com as bebidas - ficariam proibidos de comprar a droga.


(clique para ler a matéria completa)

Nenhum comentário: